terça-feira, dezembro 13, 2016




O Livro

Cantares de José Afonso

Coordenação e textos de Manuel Simões e Rui Mendes

Notas de José Afonso

1ª e 2ª edições - Nova Realidade / 1966

*

Cantares, editado em 1966, foi / é o primeiro livro publicado em Portugal sobre José Afonso – o Poeta, o Músico e o Cantor de todos nós!
Do livro foram publicadas 4 edições. Duas na Nova Realidade (Tomar), em 1966, numa tiragem de 1.000 exemplares, cada. Os livros foram vendidos de mão em mão e, rapidamente, as edições esgotaram.
Pós 25 de Abril de 1974, foram publicadas duas reedições do livro na Fora do Texto (Coimbra), em 1994/1995, e o livro encontra-se também esgotado.

*CANÇÃO

O homem abriu a luz do dia e as suas mãos encheram-se de auroras e de fogo e o homem sentou-se à sombra azul dos seus filhos e, de voz embargada, começou a soletrar o incandescente Livro dos Vivos, pensando – era alta a manhã – que Abril já sonhava com as púrpuras mães do Maio de forquilha ao ombro, por esses campos fora – profundas mulheres, irmãs infinitas das ribeiras arteriais do sonho.

E o homem, erguendo-se na imanência do mundo, juntou a força da sua voz às escarpas dos ventos e das marés, alteando a ferocidade e o peso cantante das palavras, e os seus olhos, ó redonda e sobreviva esperança, eis que fundiam nos pórticos das trevas os tumultuosos gritos da folhagem de certa guitarra encarnada – constelação de barcos e de remos que despenhasse os céus.

(Raiava-de-púnico-sangue-o-mar-as-crinas-dos-cavalos-e-danados-os-cães-da-Europa-rugiam).

Rui Mendes

Sem comentários: